Skip to main content

A Temis elabora EIA/RIMA da Ponte Salvador Ilha de Itaparica

A Temis elaborou o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e respectivo Relatório de Impacto Ambiental) da Ponte Salvador/Ilha de Itaparica projetada para permitir melhores condições de mobilidade e alto nível de serviço no longo prazo.

Segundo os estudos preliminares, a Ponte deverá ter aproximadamente 12 km de extensão, por 32m de largura, o que permite a criação de seis faixas de tráfego e duas pistas de acostamento. Seu traçado deve partir das proximidades do Porto de Salvador e se estender até a região de Gameleira na Ilha de Itaparica.

O Estudo de Impacto Ambiental elaborado pela Temis contemplou estudos de alta complexidade à exemplo de arqueologia subáquática, sismicidade, estudos de planctons e bentons, ruído ambiental, flora, fauna bem como estudos socioeconômicos e estudo de impacto de vizinhança.

Cogitada desde a década de 1960 para fazer a conexão entre ilha e continente, a Ponte Salvador – Ilha de Itaparica foi, por muitas vezes, pauta de discussão, mas nenhuma iniciativa foi colocada em prática.

Ainda em 1967, no Plano Diretor do Complexo Industrial de Aratu – CIA, o arquiteto Sérgio Bernardes propôs uma ponte para conectar Salvador e a Ilha de Itaparica, formando o anel viário.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *