Macrozoneamento Ecológico-Econômico da Bacia do Rio São Francisco

Macrozoneamento Ecológico-Econômico da Bacia do Rio São Francisco
Macrozoneamento Ecológico-Econômico da Bacia do Rio São Francisco

Descrição

O Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) é um instrumento de planejamento territorial que tem como finalidade o desenvolvimento sustentável, compatibilizando o crescimento socioeconômico com a preservação e a conservação dos ecossistemas. O Macrozoneamento (MacroZEE) corresponde a um ZEE macrorregional à escala de 1:1.000.000, visando o fornecimento de indicadores estratégicos de uso do território e a definição de áreas para pormenorização do ZEE.

A Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (BHSF) abrange uma área de 640.000 km2, num total de 505 municípios que se distribuem por sete unidades federativas (Alagoas, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco e Sergipe), e que albergam 15 milhões de habitantes.

Etapas:

  1. Elaboração de análise estratégica sobre a BHSF, tendo como referência o Diagnóstico já existente do MacroZEE da BHSF;
    2. Construção de cenários tendencial e alternativos para a BHSF (para 2027 e 2040), considerando os principais vetores de transformação do território e seus impactos;
    3. Realização de oficinas participativas com sectores representativos da BHSF, para discussão dos cenários prospectivos da BHSF;
    4. Proposta de zoneamento e estabelecimento de diretrizes de uso e ocupação do território;
    5. Realização de mesas de diálogo com sectores representativos da BHSF para discussão da proposta de gestão para a BHSF;
    6. Proposta de plano de ação das diretrizes e de indicadores de monitoramento e avaliação da implementação do MacroZEE da BHSF;
    7. Estruturação do Banco de Dados Geográficos, do catálogo de metadados e do atlas digital interativo.

Fale com a TEMIS: +55 71 3357-3979